Reportagem sobre Observatório PUC-Campinas recebe menção especial em Prêmio de Jornalismo Científico do Mercosul

Produzida pela Agência Social de Notícias, matéria enaltece importante contribuição do Observatório no combate à pandemia na RMC

Reportagem sobre Observatório PUC-Campinas recebe menção especial em Prêmio de Jornalismo Científico do Mercosul

Produzida pela Agência Social de Notícias, matéria enaltece importante contribuição do Observatório no combate à pandemia na RMC

Uma reportagem produzida pela Agência Social de Notícias, que exalta o trabalho desenvolvido pelo Observatório PUC-Campinas no contexto da pandemia, obteve menção especial no Prêmio de Jornalismo Científico do Mercosul. Em sua quarta edição, a iniciativa da Reunião Especializada de Ciência e Tecnologia do Mercosul (RECYT) teve como tema a covid-19.

A organização, formada pelo Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia do Paraguai (CONACYT) e pela Oficina Regional de Ciências da Unesco, do Uruguai, justificou a escolha da temática pela necessidade de enaltecer informações confiáveis e de qualidade, sobretudo diante da “perigosa rede de desinformação que se espalhou desde o início da pandemia”.

Nesse sentido, a matéria ‘Na ausência de ações integradas, Observatório traduz os dados sobre a covid-19 na Região de Campinas’, assinada pelo jornalista José Pedro Soares Martins, recebeu destaque. O texto, publicado em outubro de 2020, explica a contribuição do Observatório PUC-Campinas no combate à pandemia na região. O projeto, vinculado à Pró-Reitoria de Extensão e Extensão e Assuntos Comunitários (PROEXT), envolve apuração e análise de indicadores ligados ao coronavírus nos 20 municípios da RMC.

Além de notas técnicas semanais que retratam a situação da covid-19 na região, o Observatório, visando facilitar o acompanhamento da pandemia, abastece um painel interativo que possibilita a obtenção de indicadores diários da doença. A plataforma mostra a variação de casos e mortes em tempo real, bem como as taxas de mortalidade e letalidade, com o auxílio de recursos visuais como mapas e gráficos, desenvolvidos por estudantes da Universidade.

Com a iniciativa, o Observatório PUC-Campinas colabora com o trabalho de autoridades públicas locais e favorece a proposição de políticas públicas conjuntas de combate à covid-19 no âmbito regional. As notas semanais, que envolvem a participação de especialistas e alunos de Extensão, apresentam análise crítica da evolução do coronavírus na RMC, exaltando as consequências para a economia e para a saúde.

A reportagem da Agência Social de Notícias, que ganhou menção especial na categoria “escrita profissional”, avalia que o projeto do Observatório PUC-Campinas é uma das grandes ações, na esfera acadêmica, voltadas ao melhor entendimento de tendências e complexidades associadas à covid-19. É uma iniciativa, segundo a publicação, que “nasceu no contexto de desalinhamento de posturas entre entes federativos e de uma guerra de desinformação sobre aspectos críticos da pandemia”.

“Tornar informações disponíveis mais acessíveis e dar transparência a dados que permanecem invisíveis para o grande público são outras razões que alimentam tais iniciativas, independentes ou vinculadas a alguma instituição de alcance comunitário”, descreve o jornalista em um trecho da reportagem.

Para o economista Paulo Oliveira, professor extensionista que coordena as análises relacionadas ao coronavírus pelo Observatório PUC-Campinas, a menção especial é também uma premiação à Universidade, que não mede esforços para promover ações benéficas à população, traduzidas nas diversas atividades de Extensão. “Em um momento tão importante como esse, que requer o esforço conjunto das prefeituras e da sociedade, os trabalhos do Observatório buscam ser um mecanismo facilitador à tomada de decisões. Estamos honrados com a menção feita à Agência Social de Notícias, que expandiu nossa missão por meio desta reportagem”, destaca.



Estudo Anterior

Boletim Observatório

Assine nosso boletim e receba no seu e-mail atualizações semanais